Recicle-se


Projeto de estudantes recupera riacho
dezembro 2, 2008, 7:48 pm
Filed under: Regional
Riacho do Besouro

Riacho do Besouro

Por Pedro Braz Neto

Entre as possíveis razões para a degradação de mais de 100 milhões de hectares no Brasil, a abertura de novas estradas, a expansão de áreas urbanas e o desmatamento se destacam. Para recuperar esses espaços devastados – parcial ou totalmente – os cientistas agora contam com a ajuda dos microorganismos. Em estudo inédito, a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), comprovou que parte da mata nativa foi recuperada após o processo de inoculação das mudas de árvores com bactérias que fixam o nitrogênio. Um dos principais benefícios na utilização dessa tecnologia é o espaço de tempo de apenas dois anos para formar uma nova vegetação – fazendo com que essas espécies possam germinar e sobreviver numa área protegida.

Um bom exemplo de inoculação veio da Escola Estadual Ministro Jarbas Passarinho, em Camaragibe, na Região Metropolitana do Recife. Na unidade de ensino, estudantes do 3º ano do ensino médio desenvolveram um projeto chamado ‘Plantas inoculadas com micorriza e rizóbium’, durante a Mostra Jarbas de Tecnologia (Mojatec), para a recuperação do Riacho do Besouro – que ganhou o 1º lugar na Fenecit – a Feira Nordestina de Ciências, realizada no Colégio Anglo.

No laboratório de microbiologia da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE), os alunos da Jarbas Passarinho puderam identificar fungos e bactérias que contribuem para o crescimento das matas ciliares – às margens dos rios e mananciais – e contaram com a ajuda da população, plantando mudas de acácia. Em 2007, a reciclagem de materiais foi um dos temas abordados pelos estudantes, além da relação Alimentação X Saúde.

Com esse projeto para revitalização do Riacho do Besouro, os estudantes foram selecionados para participar da Feira Brasileira de Ciências e Engenharia (Febrace), que ocorre na Universidade de São Paulo (USP) e é considerada uma das maiores feiras de ciências do país.

Anúncios

Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: