Recicle-se


Projeto de estudantes recupera riacho
dezembro 2, 2008, 7:48 pm
Filed under: Regional
Riacho do Besouro

Riacho do Besouro

Por Pedro Braz Neto

Entre as possíveis razões para a degradação de mais de 100 milhões de hectares no Brasil, a abertura de novas estradas, a expansão de áreas urbanas e o desmatamento se destacam. Para recuperar esses espaços devastados – parcial ou totalmente – os cientistas agora contam com a ajuda dos microorganismos. Em estudo inédito, a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), comprovou que parte da mata nativa foi recuperada após o processo de inoculação das mudas de árvores com bactérias que fixam o nitrogênio. Um dos principais benefícios na utilização dessa tecnologia é o espaço de tempo de apenas dois anos para formar uma nova vegetação – fazendo com que essas espécies possam germinar e sobreviver numa área protegida.

Um bom exemplo de inoculação veio da Escola Estadual Ministro Jarbas Passarinho, em Camaragibe, na Região Metropolitana do Recife. Na unidade de ensino, estudantes do 3º ano do ensino médio desenvolveram um projeto chamado ‘Plantas inoculadas com micorriza e rizóbium’, durante a Mostra Jarbas de Tecnologia (Mojatec), para a recuperação do Riacho do Besouro – que ganhou o 1º lugar na Fenecit – a Feira Nordestina de Ciências, realizada no Colégio Anglo.

No laboratório de microbiologia da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE), os alunos da Jarbas Passarinho puderam identificar fungos e bactérias que contribuem para o crescimento das matas ciliares – às margens dos rios e mananciais – e contaram com a ajuda da população, plantando mudas de acácia. Em 2007, a reciclagem de materiais foi um dos temas abordados pelos estudantes, além da relação Alimentação X Saúde.

Com esse projeto para revitalização do Riacho do Besouro, os estudantes foram selecionados para participar da Feira Brasileira de Ciências e Engenharia (Febrace), que ocorre na Universidade de São Paulo (USP) e é considerada uma das maiores feiras de ciências do país.



Coleta seletiva nos bairros do Recife
novembro 29, 2008, 2:17 am
Filed under: Regional | Tags: ,

Depósitos de material reciclável

Por Itaiana Freitas

Os bairros da Torre e Madalena foram beneficiados na última semana de novembro com uma campanha de reciclagem. Além do caminhão da coleta seletiva que atende aos bairros todas as sextas-feiras, pela manhã, cinco agentes ambientais da Prefeitura do Recife realizaram o porta a porta nas residências e pontos comerciais da área, para distribuir informativos sobre como deve ser efetuada a separação do lixo.

A coleta seletiva, realizada pela Prefeitura da Cidade do Recife, visa à preservação do meio ambiente de modo que haja uma separação do lixo domiciliar orgânico do lixo reciclável.

De acordo com a Empresa de Manutenção e Limpeza Urbana, EMLURB, a coleta é viabilizada através de caminhões que fazem os circuitos em dias alternados, uma vez por semana, de segunda a sábado.

Para a EMLURB a cooperação da sociedade civil e das organizações governamentais e não governamentais é de extrema importância nesse processo que é  de integração e responsabilidades de todos.

Postos de entrega voluntária – Os depósitos de materiais recicláveis estão espalhados pela cidade do Recife. São pontos estratégicos e de grande fluxo, onde a população pode depositar voluntariamente os materiais nas caixas respectivas.

A EMLURB informa que diariamente são percorridos todos os postos de entrega voluntária, para recolhimento do material doado, que é destinado aos núcleos de catadores de lixo e organizações não governamentais.

O estudante Genilson Pontes, mora no bairro do Ipsep, próximo a um ponto de entrega voluntária. Ele diz que o caminhão passa sempre para recolher o material. “Não sei o dia certo, nem o horário, mas, tanto a população deposita como os catadores de lixo e a coleta seletiva recolhem”.



3ª Semana do Consumo Sustentável
novembro 26, 2008, 12:40 am
Filed under: Regional | Tags: ,
mb_consumo_envol

Consumo Sustentável

Por Nanci Santos

O Parque Treze de Maio, no centro do Recife, foi o local escolhido este ano para apresentar a 3ª Semana de Consumo Sustentável. O evento, que tem com objetivo apresentar ao público várias técnicas para o aproveitamento de materiais recicláveis através de oficinas, além de diversas formas de redução no consumo de água, é uma iniciativa da Prefeitura da Cidade do Recife.

O PROCON-Recife foi o responsável pela organização. Oficinas para o aproveitamento de garrafas pet; papel (origami); mercado de trocas; customização de roupas e palestras sobre economia solidária e redução no consumo de água foram alguns dos temas abordados. A diretora do PROCON, Cleide Torres ressaltou a importância de eventos como esses, e de acordo com ela o local escolhido favoreceu para maior participação do público.

Também esteve presente o pesquisador do Centro Pedagógico Bicho do Mato da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) e Coordenador Geral da Rede Recife do Consumo Sustentável, Thomas Eulasados. “Essa ação é uma sementizinha que estamos plantando nesse ambiente caótico em que vivemos, onde são jogados lixos nas ruas, não temos um aterro sanitário, o consumo não é visto pela sua criticidade. Infelizmente, eventos como esse ainda são vistos com pouco interesse e as pessoas não entendem a sua importância”, ressaltou Thomas.