Recicle-se


Bióloga aborda problemas relacionados ao lixo
dezembro 2, 2008, 11:00 pm
Filed under: Entrevista | Tags: ,
no_lixo_brasil

Catadores de lixo

Por Nanci Santos

Mirian Soares, formada em biologia com pós-graduação em Ciências Ambientais pela Fundação de Ensino Superior de Olinda (FUNESO), abordou alguns problemas relacionados à poluição ambiental, entre eles, doenças provocadas pelo tratamento inadequado do lixo.

“A reciclagem é muito importante, não somente para preservação ambiental, mas também para sustentabilidade das pessoas como geração de renda. É a partir da separação do lixo, que podemos melhorar o meio ambiente, separando material orgânico, como restos de alimento, de latas, garrafas, papel e tantos outros, que passaremos a dar o mínimo de tratamento ao meio ambiente”.

O LIXO

“O lixo é um dos maiores causadores de doenças, cerca de cem tipos, dentre elas a fílariose, leptospirose e até mesmo a dengue é causada pelo acumulo de água contaminada. Se melhorarmos o a forma como tratar o lixo, contribuímos para melhorar a qualidade de vida das pessoas. O lixo tem que ser visto hoje, como fonte de renda, focando na educação das pessoas, a importância para preservação ambiental. O chorume é um líquido que se forma a partir da decomposição do lixo, é o maior responsável pela contaminação dos lençóis freáticos, Em Olinda, no lixão de Aguazinha, a prefeitura vem realizando um trabalho de reaproveitamento do chorume, que transforma parte em água potável e o restante é utilizado para composição do material usado em asfalto, mostrando mais uma vez que basta um pouco de interesse para que se encaminhem as melhorias no meio ambiente”.

EDUCAÇÃO

“Os catadores de lixo são vistos pela sociedade de forma discriminatória, e deveríamos agradecer a grande contribuição dada por eles ao meio ambiente. Eles deveriam ser mais bem aproveitados. Infelizmente, existe pouco investimento na educação ambiental, mas ainda para esses que sequer são alfabetizados. Acredito que a forma emergencial de educar, ensinando a importância da preservação ambiental através do consumo sustentável, seria a implantação de gincanas educativas nas áreas mais pobres. As prefeituras incentivariam os moradores a realizar a troca do quiilo de materiais recicláveis por vales, que trocariam por alimentos. A classe mais favorecida da sociedade também precisa ser trabalhada. Apesar do acesso à educação de qualidade, infelizmente essas pessoas não têm a consciência de preservação ambiental. Os estudantes pertencentes a essa camada social, precisam despertar o interesse em seus pais, mas para isso é necessário, que as escolas tratem do assunto como sendo fundamentalmente importante”.

 EXEMPLO DE PRESERVAÇÃO E CONSUMO SUSTENTÁVEL

“O Projeto Boca do Lixo em Peixinhos foi organizado pela própria comunidade, no antigo Matadouro de Olinda, hoje conhecido como Nascedouro de Olinda. O projeto consiste em educar os moradores da comunidade, focando a importância da reciclagem, aproveitando materiais como a casca do pé de cajá, conchinhas do marisco e garrafas pet, na confecção de diversas peças artesanalmente, que depois de prontas são vendidas, e a arrecadação é usada para manter o projeto”.